sábado, 30 de julho de 2011

- Exames mensais/Julho

Dia 02 de Julho deste ano completei 6 anos em hemodiálise, após a perda do transplante, que durou dez anos!Aqui os resultados dos meus exames do mês de Julho, dialisando 3 hrs por sessão, 3 vezes por semana com Capilar F80 de alto fluxo.Peso seco atual 34.800 kg. em 1.50 m. de puro glitter!rs*

Glicose: 96
Potassio: 4.9
Ureia: 174
Creatinina: 7.1
PTH: 1.204,0
Hematócrito: 34.0
Hemoglobina: 10.9
Ferro Serico: 132
Ferritina: 295
Cálcio: 9.1
Fósforo: 6.8

Lipidograma:

Aspecto do soro: Lig. turvo
Colesterol Total: 164
Colesterol HDL: 36
Colesterol não - HDL: 128
Colesterol LDL: 62
Colesterol VLDL: 66
Triglicérides: 329

5 comentários:

PC disse...

Cadê o KTA, pra me esnobar?

Lara disse...

Eu não entendo dos números. Certa vez fui assistir uma aula sobre auto-cura. Disseram que a cura é uma escolha. Tem a ver com a nossa atitude ante o problema. O que eu entendi.. ou melhor, compreendi, é que não somos doentes.
Sem querer viajar muito... mas eu converso com meus órgãos. Busco me harmonizar com eles. Tenho um coração que às vezes bate diferente. Eu converso com ele. Peço para que se acalme, que a gente se entenda.
Tem horas também que resolvo ignorá-lo. E por vezes dá muito certo.
Então...eu ainda não aprendi o caminho. Mas dizem que Gandhi se auto-curou várias vezes.
Não é um discurso de milagre. Não. Era trabalho, meditação, harmonização.
Chico Xavier dizia que brigava muito com o olho "doente" dele. Até que um dia ele resolveu fazer uma "amizade" com o olho.
E eles foram ficando mais parceiros.
Não tem receita, porque em alguns casos, o caminho dessa harmonização significa, ir para o lado de dentro. Auto-perdão, perdão, conexão com forças maiores.
Pode ser que um órgão não funcione em padrões confortáveis de uma normalidade. Mas hora nenhuma somos doentes. A não ser que queiramos isso e que a gente comungue com a enfermidade.
Esse mês estou com o estômago não muito bem. Estou tentando escutar por quê estou jorrando a frustração, a ansiedade e o medo para dentro dele. Daí ele tem me respondido: o problema não está em mim (no estômago). Está na mente!
Bom... fui obrigada a concordar com ele.
Não quis parar para desabafar com o Universo, a minha pequenez e emanar para o Alto o meu pedido de ajuda. Enquanto não faço isso, acabo deixando-o mais ácido, o que causa desconforto etc.
..
Mesmo não entendendo dos números, espero que estejam todos bons. Você é dedicada, responsável com sua saúde. Toda ela. Faz as hemodiálises, está se cuidando, fazendo a sua parte.
E ainda faz uns scrap books lindos, lindos. Uma verdadeira artista. Eu tiro o chapéu pra você.
Bjo, força sempre !!

Ana Paula disse...

Oi Lu, você esta tomando calcijex para abaixar o PTH? Se você tem convenio, existe um novo medicamente que foi recentemente aprovado aqui no Brasil, que é mais eficaz no controle do PTH, no momento eu esqueci do nome, mas sabado eu perunto ao meu medico, o governo ainda não esta disponibilizando, mas alguns pacientes estão conseguindo araves do convenio, vou me informar direito. Se cuida, beijinhos.

Ana Paula disse...

Lu, o nome do remedio é Paracalcitriol, vale a pena tentar :)
Eu iria tomar, mas consegui abaixar tomando 2 ampolas de calcijex por dialise, meu PTH era mais de 2.000, agora esta na casa dos 300. Entao não preciso mais.

Mega Chique Bijuterias disse...

Lu seu hematócrito é melhor q o meu gata.....uhullll...bjs