quinta-feira, 1 de julho de 2010

[.Filme: Um olhar do Paraíso.]



Eu nunca tive medo da morte, não da minha. Sempre achei que ela fosse libertadora. Um ponto, mas não o final. O momento em que compreendemos tudo. Que entendemos como tudo começou.
Que deixamos para trás toda a dor e sofrimento.O momento em que aprendemos, ironicamente, a viver...

Eu nunca tive medo da morte, não da minha...mas é inevitável não querer voltar atrás...

2 comentários:

Anônimo disse...

Realmente... Vai-se embora e deixa "para trás toda dor e sofrimento"... Dos que ficaram! Beijos, Mamãe!

Lud disse...

Aiii.. quero mt ver este filme....
bjim