sábado, 3 de julho de 2010

[.Vida REnAL.]


"Meu nome é Rogério Ramos, tenho 38 anos e há sete por causa de pressão alta, perdi meus rins e fui parar em uma máquina de hemodiálise.

Foi até engraçado, para não dizer trágico, que quando cheguei no hospital da PUC de Campinas para uma consulta de rotina, uma médica disse que eu teria que ficar internado e iniciaria a hemodiálise.

...Cai na risada!!Pensei: Essa médica é louca?!Fazer hemodiálise?!

Sai dali na mesma hora e fui embora, em poucos dias passei muito mal e outra vez fui parar nas mãos daquela médica "simpática e linda" que colocou um catéter em meu pescoço.

Fiquei parecendo uma Árvore de natal!

Em poucos dias já tinha a fístula, e foi ai que tudo começou a mudar em minha vida!

Mudei de clínica e também de cidade, com o tempo comecei achar que as salas de hemodiálise precisavam de um passatempo, pois as horas custavam a passar.

As 4 horas pareciam dias!

Comecei a jogar bingo com os pacientes!Em pouco tempo já estava conhecido aqui em Campinas, onde moro e dialiso.

Fiquei conhecido como o bingueiro, por todos!

Então veio a idéia da Revista do Paciente, que é escrita por médicos, nutricionistas e psicólogas. Faço também um Jornal que é entregue para 2000 pacientes de Campinas e região.

Essa é minha vida!!!

Dialisar feliz e fazer meus colegas de hemodiálise felizes também, enquanto isso estou na fila à espera por um transplante."

Para conhecer mais sobre o trabalho do Rogério, entre no site dele, "Revista do Paciente" ou no seu perfil do orkut.

Nenhum comentário: